Restauração e um novo ardor




















Mesmo em meio a tantas
fraquezas, vejo em mim
viva uma chama que me
impulsiona a não viver
para mim mesmo.
Devo ir e aos poucos
perder cada vez mais
de mim.
Na busca encontro-me
e posso enfim ser,
não o que vejo,
mas aquilo que Deus
sonhou.

Mesmo que deturpada
vejo no espelho o reflexo
da Imagem e Semelhança
que sou.

Sinto em mim uma força
que me faz ir!
Em mim uma chama
fumega e anuncia que devo
levar ao mundo esperança,
restauração em um novo
ardor.

Postagens mais visitadas