Tear (19.01.16)

A fiar, tecendo minha alma,
estão as Tuas mãos, a desfazer os
fios embaraçados e dando forma
aos novelos. 

A fiar, minha história, está o
Restaurador, com firmeza e
traços delicado repinta a
imagem que o pecado deformou.

Deixa nos detalhes Seu toque
artístico e amoroso, deixa nas
entrelinhas comentários e breves
explicações que datam o dia e a
hora que esteve à tear minha alma,
à fiar minha história. 

Postagens mais visitadas