domingo, 5 de junho de 2016

Aonde moras (05.06.16)

Seguir-te-ei logo após,
tendo eu nada em minhas
mãos, posso dar-me por
inteiro e receber de Ti todo
bem e toda graça...

És, Senhor, o meu sustento,
a minha fortaleza!
Deus bondoso que infunde em
meus lábios as palavras que
me unem a Ti.

Deus Eterno e Onipotente,
Força dos fracos e constância
dos que dispõem-se a seguir-Te.
Leva-me Contigo aonde Tu moras.