O Eterno traz o novo (03.01.15)

O Eterno traz o novo, pondo-me diante 
do Cristo crucificado, vivo e ressuscitado 
contemplo a vida que não finda. 

Ao Seu lado delícia eterna, felicidade 
sem limites. Alegria sem fim! 
Aqui, contemplo o Esplendor da 
Glória, do Deus Eterno e todo poderoso, 
a revelar-me Seus grandes prodígios. 

Que alegria é adentrar o santuário 
do Senhor e ali poder adorá-lo, 
que alegria poder encontrá-lo, 
conversar com Ele e receber 
consolação. 

Sim, Cristo com um novo ardor 
inflamou a terra, os reis adoram 
o Rei menino, chegaram e prostraram-se 
ante Sua realeza. 

Este menino, causa de  contradição, 
é o Rei dos quatro cantos da terra, 
o Eterno que traz o novo, o Redentor 
e Restaurador de todos os homens. 
Cristo, com um novo ardor abrasou 
nossos corações, inflamou a terra.

Postagens mais visitadas