quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Abrigo (16.12.15)

Abrigo do Deus amigo
é o coração que O permite
entrar, a janela que se abre,
a sala que O aconchega.

Os braços que O afagam,
a mente que dilata o
entendimento e se esforça
para compreender os Seus
desígnios.

A alma que luta para
purificar-se é morada,
abrigo do Deus onipotente,
Criador da imagem intacta,
da semelhança perfeita.

Os que buscam Nele abrigo,
acabam por encontrar-se, quando
recolhidos em seu interior,
entendem que o Espírito que habita
em si, os tornam templo,  abrigo do
Deus que ama eternamente.