terça-feira, 15 de setembro de 2015

Tu me amas (15.09.15)

Não serei eu náufrago
de mim mesmo, não
ma apartarei de Tua 
vontade. 

Aprendi que existem 
recomeços e que aos 
poucos as fraquezas 
podem ser vencidas. 

Aprendi que não só
de idas é caminho e
que muitas vezes
voltastes por mim, 
para dar um novo
sentido e me por
na direção correta. 

Eu que das tuas pegadas
fiz minhas referências,
muitas vezes me desviei,
mas desde que Te encontrei
não quis seguir outro caminho.

Foi um amor tão profundo
que por Ti gerei...
Em todas as minhas buscas,
não encontrei outro que se
compasse.

Em todas as minhas fugas,
não encontrei outro que
por mim voltasse e desse
de novo a vida.

Em todos os heróis que
imaginei, não encontrei
outro que amou, sofreu,
morreu e que mesmo
morrendo todos os dias,
vive para sempre!

É Jesus...
Entendi que não existe
vida senão em Ti, e que
ninguém irá me amar como
Tu me amas!