Louvores (08.07.15)

Vejo nascer do interior da Igreja,
louvores de um povo que tinha
muitos senhores.
Oprimidos, por longos anos
habitaram os cativeiros,
andaram distantes da verdade.
Os cativos, hoje libertos,
ao seu único Deus,
cantam hinos de glória
e rendem a Ele os seus louvores.

Postagens mais visitadas