Paulo (07.05.15)

Eu, Saulo,
perseguidor,
opositor e
fiel defensor
de minhas vontades.
Fui perseguido pelo
Cristo que perseguia,
fui preso e conquistado.
Sobre mim resplandeceu
uma forte luz e logo
pude crer que aquele
que eu perseguia,
me chamava a anunciá-lo.
Me converti,
coloquei-me à caminho,
por onde ia falava deste
imenso amor que provei.
Fui preso,
levado ao cárcere.
Combati o bom combate,
guardei a minha fé.
Exortava insistentemente:
alegrai-vos! alegrai-vos!
Feliz dei a minha vida!
Eu, antes Saulo,
perseguidor,
sou agora Paulo,
perseguido pelo mesmo
amor que perseguia.

Postagens mais visitadas