sábado, 7 de março de 2015

Eco do Primeiro Amor (07.03.15)

Ainda arde em mim a chama
Do primeiro Amor, no
Peito a paixão por Ti.
Desejo a cada dia mais corresponder  
e não perder de vista o Teu chamado,
o Teu apelo.
Fui chamado a ser um dos Teus,
Retirado da multidão,  chamado
A estar mais perto, a adentrar
Tua habitação.
Ainda arde em mim a chama
Do primeiro Amor, no
Peito a paixão por Ti.
Ainda ressoa em mim
O eco do primeiro Amor.