Bandeira (19.02.15)

Unge meus pés para que
toquem  a tua terra santa.
Por quantas estradas passei?
Foram tantas, nem sequer sei
por onde andei.
Recebi uma bandeira
e devia escalar a alta montanha,
para cravá-la em Teu coração.
Não foi fácil,
mas no caminho obtive ajuda.
Combati o bom combate,
fui à luta.
Passei fome, sede e frio.
Atravessei dias gélidos
e sombrios.
Andei pelo vale da morte,
mas o Senhor não desistiu
de mim.
Chamou-me de novo à vida,
trouxe-me esperança,
nunca me deixou!
Meu coração sangrou,
meus olhos choravam
em meio à dor.
Continuei a caminhar,
mesmo em meio às lágrimas.
Uni-as ao mar de Deus,
fui ser mar com Ele.
Cheguei no alto da montanha
e lá encontrei-Te.
Unge meus pés que
tocaram  a Tua terra santa.
Que no Teu coração esteja
minha vida inteira e com ela
o mastro que ostenta a bandeira. 

Postagens mais visitadas