Primavera (26.01.15)

Nasce então o desejo,
começa a florir na terra
que Deus desde cedo
plantou a semente.

Agora que o inverno
se foi e a forte ventania
dispersou, pode-se
mensurar os frutos.

Se eleva então a prece,
para que o chamado
não disperse e a vontade
de cada dia mais se doar
possa florescer.

Ao longe vem a primavera
e enquanto não chega,
o convite que se faz é de
espera.

Espera, paciência, mansidão,
fidelidade, perseverança,
é tempo de viver a aliança
e corresponder com afinco
ao apelo de Deus.

É o tempo da permanência,
de fazer de Deus a minha
força, renovar a certeza, a
esperança.

Eis o que Deus diz para
este tempo: Lute e tendo
por tuas as minhas forças,
não se canse, espera,
pois ao longe vem a
primavera.

Postagens mais visitadas