Rainha da Paz (31.12.14)

Mãe, imagino eu que
teu coração sangra
e se faz em pedaços,
ao ver no mundo
escasso o amor e
a comunhão. 

Ao ver sendo destruída
nação por nação. 
Morrem teus filhos, 
morrem sem conhecer 
teu Filho, morrem 
sedentos e incompletos. 

A terra estremece e parece 
já ser o fim dos tempos. 
O ódio consome, o pecado
cega, ensurdece e as famílias 
se destroem. 

Parece que de guerra vive 
o mundo e que o inferno 
já é conformismo e destino certo, 
parece até mesmo que o inferno 
aqui já se faz. 

Por ti há de chegar
a paz no mundo,  
O céu será um
dia o objetivo comum.
Não sei a quem recorrer
e pedir socorro, senão a ti, ó Mãe.

Interceda junto a Deus por nós,
interceda pelo mundo que
se desfaz, pelos que não já
amam mais, pela paz na terra,
interceda por nós Rainha da Paz. 

Postagens mais visitadas