Longe de mim

Recebo com ternura Teu abraço
E frio é o que passo
Digo que amo
Muitas vez o contrário faço
Transmito frieza,
Ofusco a Tua beleza
Me perco na incerteza
No lugar da alegria reina a tristeza
Mais pesa a Cruz
Pelo outro tenho desprezo
Assim sou eu, feito aqui assim
Distante do Teu sonho
Deformado, cansado antes de caminhar
De tudo reclamo, poucas vezes Te chamo
É minha luta entrar na forma
Por Ti ser moldado
Mas é também meu desejo
Ser não o que de mim fizeram
Mas o sonho do Teu coração
Por isso amo e sofro
Para ser o que Queres
Me fizeram assim, longe de mim!

Postagens mais visitadas